Minha lista de blogs

Pesquisar este blog

Seja Bem Vindo Ao Blog Do Frank Braga

Seja Bem Vindo e Deixe Seu Comentário


quinta-feira, 1 de abril de 2010

AS ORIGENS DO IMPERIO UNIVERSAL


Autor :Prof. João Flávio MartinezPublicado em :Terça, 27/11/2007

O movimento liderado pelo bispo Macedo começou arregimentar pessoas para o seu aprisco a partir de 1975, ano em que fundou “A Cruzada do Caminho Eterno”, entidade que também chamaria “Casa da Bênção” antes de mudar de nome definitivamente para Igreja Universal do Reino de Deus no ano de 1977.

Edir Macedo iniciou sua jornada ao lado do seu cunhado Romildo Ribeiro Soares, o hoje missionário RR Soares, que conhecera em 1968 na “Igreja Vida Nova”. Soares casou-se com a irmã caçula do bispo. Mas ambos se chocavam muito na administração da Igreja. Em 1980, uma cisão rompeu de vez a amizade entre os dois pastores. Havia discórdias em vários aspectos. Então, o bispo Macedo propôs uma assembléia excepcional para decidir quem seria o novo comandante da IURD. Nesse plebiscito interno entre os pastores da denominação quem perdesse deveria abandonar o barco e seguir outro caminho. Macedo ganhou com a maioria dos votos e Soares foi derrotado e perdeu a liderança da igreja, sobrando a ele sair e fundar a “Igreja Internacional da Graça de Deus”. A questão não foi encerrada até hoje. No livro da Biografia do Bispo é dito: “Após a derrota, Soares não quis permanecer. Nos dias de hoje, Edir e o cunhado pouco se falam. De tempos em tempos, o bispo recebe reclamações de que Soares tenta atrair fiéis da Universal, enviando emissários para divulgar suas doutrinas dentro do próprio templo de Macedo” (“O Bispo”, Ed. Larousse, Ed. 2007. 4, Pg. 115)

O bispo Macedo confessa que no início do movimento da igreja pregava armado com um revolver calibre 38, devido às perseguições de outros líderes religiosos. Diz que o revolver permanecia escondido no púlpito enquanto pregava no altar (“O Bispo”, Ed. Larousse, Ed. 2007, pg. 121). Hoje o bispo não anda mais armado, mas os seus seguranças são bem equipados para protegê-lo. 


Quando tinha apenas doze anos de fundação, a igreja já possuía uma renda financeira suficiente para comprar uma emissora de TV, dinheiro arrecadado dos seguidores, que vivem a ideologia da Teologia da Prosperidade.

Em 1992, Edir Macedo, fundador e líder da seita, passou 11 dias em prisão preventiva, por conta de um processo criminal no qual a principal acusação era a de estelionato (apropriação de bens alheios mediante ardil). Em 1995, a Associação Evangélica Brasileira, que reunia boa parte das instituições do protestantismo local, divulgou um pronunciamento no qual se afirmava que a IURD, devido a suas doutrinas e práticas, carece de autenticidade protestante.

Hoje a IURD é uma força que se retroalimenta. Até o ano de 2007 eram 4.748 templos e 9660 pastores apenas no Brasil. A IURD já se encontra em 172 países de quatro continentes. A quantidade exata de fiéis é imprecisa. A estatística do IBGE calcula 2 milhões, mas, de acordo com a liderança da IURD o número pode chegar a 8 milhões de fiéis só no Brasil. Um grande volume de negócios também gira em torno da IURD: construtoras, empresa de taxi aéreo, agência de turismo, mídia e consultoria. O balanço não inclui pastores e bispos que fazem funcionar a empresa IURD (“O Bispo”, Ed. Larousse, Ed. 2007, pg. 243, 244) 




É fundador do CACP, graduado em história e professor de religiões.


Fonte:www.cacp.org.br
ministério cacp

Nenhum comentário: