Minha lista de blogs

Pesquisar este blog

Seja Bem Vindo Ao Blog Do Frank Braga

Seja Bem Vindo e Deixe Seu Comentário


sábado, 18 de setembro de 2010

FIM DE SEMANA EM COLNIZA-MT

No meio da estrada entre Juruena-Colniza
Praça central de Colniza 
Congresso infantil na AD em Colniza


Ponte de madeira sobre o rio Aripuanã a maior ponte de madeira do estado com aprox. 300mts
No último final de semana de agosto, eu minha familia e alguns amigos resolvemos por o pé no chão e passar o fim de semana na cidade de Colniza-mt, distante de minha cidade (Juruena) 180 km
Colniza é uma cidade do noroeste mato grossense distante da capital 1160 que tem   sua economia firmada na extração de madeira, pecuária e agricultura( café, cacau, castanha do pará e outros ), com aproximadamente 40,000 habitantes e com muitos pontos turísticos a serem explorados e um deles é o rio Aripuanã, ótimo lugar para se praticar a pesca esportiva.
fomos a Assembléia de Deus daquela cidade que tem um lindo templo, era congresso anual e encontramos muita gente por ali, enfim apesar da distancia e da estrada  de chão a cidade de Colniza está muito melhor do que quando a conheci a 4 anos, vale a pena conhecer.




CONFISSÕES DE UM PASTOR


Por Renato Vargens
E
u preciso confessar uma coisa! Sim, eu preciso que todos saibam!


Eu não possuo unção apostólica nem tampouco sou apóstolo. Minha adoração não é extravagante, meus louvores não são repetitivos, não canto músicas para o diabo, nem tampouco sou levita do Senhor.

Não demarco territórios com urina, não tenho a unção do leão, nem troco o anjo da guarda. Não sou dualista, muito menos maniqueísta. Não dou ordens a Deus, nem tampouco determino através de atos proféticos o que o Soberano tem que fazer.

Não sou judaizante, não toco shofar, não possuo réplicas da arca e do tabernáculo em minha igreja, como também não sou adepto do retété de Jeová. Não ando com cajado na mão, não tenho a unção do riso, não creio em galo que profetiza, nem meus sapatos são de fogo.

Não fui arrebatado ao terceiro céu, nem tampouco tive uma nova e especial revelação. Não uso sal grosso para espantar mal olhado, não saio por aí ungindo objetos inanimados, nem tampouco sincretizo o evangelho do meu Salvador. Não manipulo anjos, não comercializo a fé, não vendo indulgências. Não prego a graça barata, nem tenho por hábito quebrar maldições.

Graças a Deus que nada sou.

Soli Deo Gloria.



Renato Vargens é apenas pastor, o é pela graça de Deus e considera isso mais do que suficiente.
fonte: púlpito cristão