Minha lista de blogs

Pesquisar este blog

Seja Bem Vindo Ao Blog Do Frank Braga

Seja Bem Vindo e Deixe Seu Comentário


domingo, 29 de setembro de 2013

Seguindo o exemplo de Jesus


Graça e paz meu amados irmãos e amigos, depois de um bom tempo sem escrever praticamente nada no meu blog, hoje consegui encontrar um tempinho pra escrever este pequeno artigo.
Na verdade ando muito empenhado entre trabalho secular e estudo, minha vida tem sido uma correria só.
pulo da cama as seis horas da manhã, tenho um pequeno devocional e saio pro trabalho, após o expediente vou do trabalho direto pro colégio. Só apareço novamente em casa lá pelas onze horas da noite para estar um pouco com minha princesa Eliude e meu filhão e ainda dar um beijinho na Sarah Ellen que logo estará chegando pra alegrar ainda mais a nossa vida.
Muitas vezes quando chego em casa tenho quer ler alguma coisa para trabalho ou prova do curso, entre tantas correrias fica muito complicado escrever no meu blog.
Agora mesmo estou montando um slide para apresentar na sexta feira, trabalho de processos de produção, mas, como estive em uma reunião com a liderança, obreiros e esposas da IeadFaz Nova Jerusalém hoje pela manhã, não poderia deixar de escrever algo sobre o que vi e ouvi ali naquele lugar.
A reunião iniciou-se nove horas da manhã com os hinos da HC e leitura da palavra, logo após tiramos um período de oração de joelhos no qual foi feito um clamor  pela  IEADFAZ  e sua liderança juntamente com  nosso Pr. presidente  Sergio da Silva
tivemos um estudo simplesmente maravilhoso com o Pastor Reginaldo Euclides( Pr. local), que foi profundamente usado por Deus para nos trazer uma mensagem diretamente do coração de Deus para os nossos corações.
Ele leu o texto que encontra-se no evangelho de Mateus 9.38, que diz: Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande mais ceifeiros para a sua seara.
Abordou com muita propriedade sobre a questão da origem da nossa chamada, se realmente fomos chamados por Deus ou por homens, falou concernente, a motivação de cada um na obra de Deus, se trabalhamos por amor a Deus ou apenas pra sermos vistos pelos homens.
Pr. Reginaldo falou ainda entre muitas outras coisas maravilhosas de uma qualidade indispensável para aquele(a) chamado (a) para a obra de Deus, humildade, disse que isso está faltando na vida de muitos dentro da casa do Senhor, falou ainda que muitos querem apenas ser senhor e não mais servos, enfatizou que devemos ensinar não apenas com palavras bonitas, mais com gestos que expressem essas palavras e com a própria vida.
Nesse momento fugindo o pouco do convencional, pediu que lhe trouxessem uma bacia com água e uma toalha e tirando sua gravata e seu paletó pediu a presença de um voluntário que lhe ouvia na plateia, vindo assim um cooperador da congregação. O Pr. Reginaldo pediu então que o jovem obreiro tirasse seus sapatos e meias e então, enfatizando o exemplo do nosso grande Mestre, Senhor e Salvador Jesus  Cristo, diante de todos os presentes naquelas reunião de liderança lavou e secou os pés do irmão.



Pareceu um gesto muito simples, mais carregado de um valor espiritual muito grande para todos os presentes na quele lugar.
Ele falou ainda sobre um maior comprometimento de todos de um modo geral com as coisas de Deus e com a igreja local, abordou sobre a união, fator primordial para o crescimento sadio da igreja e finalizamos aquela reunião com oração fervorosa, todos de mãos dadas e muitos falando em línguas estranhas com os céus, que coisa maravilhosa, Glórias a Deus todo poderoso que ainda fala com os seus filhos e ainda usa homens e mulheres para proclamar as boas novas.
Logo após saciarmos a alma com o alimento do Céu, foi a vez de saciarmos o corpo físico com um maravilhoso almoço que nos esperava no anexo, preparado pelas irmãs e irmãos.
Que o Senhor continue abençoando a sua Igreja na Fazenda Rio Grande.
Um forte abraço a todos que o Senhor Deus lhe conceda uma semana abençoada
                                                                 
                                                                                By Frank Braga seu irmão e servo